quarta-feira, agosto 16, 2017

OS NOSSOS PREÇOS JÁ INCLUEM =IVA= E DESPESAS DE =ENVIO= EM PORTUGAL

3.100 obras disponíveis nesta montra
é só ir clicando ao fundo da página
em Mensagens antigas


contacto:
telemóvel: 919 746 089


todas as obras fotografadas correspondem aos exemplares que se encontram à venda
livros usados
todas as encomendas são enviadas em correio registado
international shipping rates
* e-business professional
pagamentos por PayPal, transferência bancária ou contra-reembolso

* em cumprimento da Lei n.º 144/2015, de 8 de Setembro – Resolução Alternativa de Litígios de consumo (RAL), artigo 18.º, cabe-nos informar que a lista de Centros de Arbitragem poderá ser consultada em www.consumidor.pt/


terça-feira, agosto 15, 2017

A Geração de 1870





MANUEL MENDES
capa de João Abel Manta

[Lisboa, 1960]
Jornal do Fôro
1.ª edição [única]
7 fascículos protegidos pelas respectivas capilhas (obra incompleta, é tudo quanto se publicou)
25,8 cm x 20,5 cm
344 págs. [aliás, 336 págs. (as primeiras 8 págs., embora anunciadas para breve, em aviso do editor aqui incluso, também nunca chegaram a ser impressas)] + 1 desbobrável (prospecto editorial) + 1 postal (requisição de assinatura da colecção) + 1 folha-volante (aviso do editor acerca das oito páginas do frontispício)
profusamente ilustrado
impresso sobre papel superior
exemplar em bom estado de conservação; miolo limpo
apresentam-se na forma original de comercialização *, acondicionados num elegante estojo de confecção manual recente, forrado a papel de fantasia com efeitos florais em veludo
PEÇA DE COLECÇÃO
95,00 eur (IVA e portes incluídos)

Obra, que seria de grande fôlego ensaístico se Manuel Mendes (1906-1969) tivesse tido a oportunidade de nos dar a conhecer o que aqui falta. Porém, com «[...] toda a sua obra de escritor condicionada pela censura prévia, apenas nos jornais clandestinos e manifestos da Oposição Democrática a sua pena exprimiu de forma contundente aquilo que sentia. [...]» (Ver Dicionário Cronológico de Autores Portugueses, vol. IV, Publicações Europa-América, Mem Martins, 1998)

* Os exemplares que chegaram até nós assim preservados não devem ser aparados, cosidos ou encadernados, dada a importância do seu testemunho físico, enquanto peças para a história das artes tipográficas e editoriais; a sua conservação dentro de estojos, de que o vertente exemplar constitui modelo, é a mais correcta.

pedidos para:
telemóvel: 919 746 089


Cemitério Marinho



PAUL VALÉRY
trad. Edmundo Vasconcelos
«ensaio de interpretação» de Rudolf Palgen
ilust. Mira Schendel

São Paulo (Brasil), s.d. [1981]
Círculo do Livro S.A. | Massao Ohno-Roswitha Kempf – Editores
1.ª edição
30,5 cm x 19,4 cm
152 págs. [9 extra-textos a cor colados]
ilustrado
cartonagem editorial
exemplar em muito bom estado de conservação; miolo limpo
tiragem «fora de Comércio» de apenas 1.000 exemplares
VALORIZADO PELA DEDICATÓRIA MANUSCRITA DO TRADUTOR AO ESCRITOR ALMERINDO LESSA
50,00 eur (IVA e portes incluídos)


pedidos para:
telemóvel: 919 746 089


Coisas


aa.vv.

Lisboa, Fevereiro-Março de 1974
& etc – Publicações Culturais Engrenagem, Lda.
1.ª edição [única]
17,5 cm x 15,3 cm
176 págs.
ilustrado
capa impressa a uma cor sobre o lado rude de cartolina duplex, sobrecapa a duas cores sobre o lado mate de papel kraft
exemplar muito estimado; miolo irrepreensível
PEÇA DE COLECÇÃO
95,00 eur (IVA e portes incluídos)

Trata-se do primeiro livro editado pela casa & etc, até aí unicamente responsável por publicação periódica homónima. Dado o carácter globalmente agreste, linguagem a condizer, desenhos não menos acutilantes, e porque traz data de impressão anterior ao 25 de Abril que correu com a polícia política e a censura, foi obra que ainda se viu sujeita às técnicas de venda de mão em mão e por baixo dos balcões. Reúne intervenções escritas e ilustrações de Adelino Tavares da Silva / [Carlos] Ferreiro, António [Tavares] Manaças / Eurico [Gonçalves], Baptista-Bastos / Lud, Carlos Porto / Figueiredo Sobral, José Martins / João Rodrigues, Nelson de Matos / Ana Machado, Paulo da Costa Domingos / Gonçalo [Duarte], Pedro Oom / Lud, Virgílio Martinho / [Maria] Aurélia, Vitor Silva Tavares / Aldina [Costa].

pedidos para:
telemóvel: 919 746 089


Notas para um prefácio (a haver) com pedido de posfácio


VITOR SILVA TAVARES

Lisboa, 2017
ed. viúva frenesi
1.ª edição [única]
19 cm x 13 cm
28 págs.
ilustrado
impressão digital
acabamento com dois pontos em arame
exemplar novo
tiragem de apenas 150 exemplares
9,00 eur (IVA e portes incluídos)

Trata-se de um texto de Vitor Silva Tavares, que se encontrava inédito, e cuja importância literária é indesmentível. A propósito de redigir um prefácio para o livro Relógio de Cuco, de Virgílio Martinho, o primeiro editor dessa narrativa, originalmente saída em folhetim no & etc... do Jornal do Fundão, vai juntando notas avulsas ao correr do tempo, em que, melhor que qualquer exegeta profissional, mete na ordem algum surrealismo tresmalhado, enquanto chama os bois do neo-realismo pelos nomes que lhes são adequados. Acaba por ser uma peça teórica de acintosa violência verbal, insuportável sem dúvida para os mansos ouvidos de quem acabou a levar por diante essa edição... omissa do “prefácio”.

pedidos para:
telemóvel: 919 746 089


Sião Doc. Interno


PAULO DA COSTA DOMINGOS
ÓSCAR FARIA
MANUEL DE FREITAS
et alli

Lisboa, 2017
ed. viúva frenesi
1.ª edição [única]
19 cm x 13 cm
56 págs.
ilustrado
impressão digital
acabamento com dois pontos em arame
exemplar novo
tiragem de 150 exemplares
7,00 eur (IVA e portes incluídos)

Brochura coligindo documentos internos da editora frenesi relativos à incidência cultural da antologia poética Sião (ed. 1987) ao longo dos decorridos trinta anos desde o seu aparecimento nos escaparates. Brochura publicada como texto de apoio à exposição comemorativa desses trinta anos, ocorrida recentemente no Sismógrafo (Porto, Abril-Maio, 2017).

pedidos para:
telemóvel: 919 746 089


Poly no Ribatejo


CÉCILE AUBRY
trad. Maria Amélia Bárcia
ilust. Christiane Dufour

Lisboa, 1975
Empresa Nacional de Publicidade
1.ª edição
20 cm x 13,9 cm
216 págs. + 3 folhas em extra-texto
profusamente ilustrado a negro no corpo do texto e a cor em separado
exemplar estimado; miolo limpo
20,00 eur (IVA e portes incluídos)

Apesar da data de publicação, o cenário em que decorre a vertente aventura não é a Herdade da Torre Bela...

pedidos para:
telemóvel: 919 746 089


Au Portugal avec Carlito


COLETTE NAST
fotog. E. C. van Houten

Paris, 1960
A. Hatier
1.ª edição
texto em francês
22,6 cm x 18,6 cm
32 págs.
profusamente ilustrado a cor
cartonagem editorial com folhas-de-guarda impressas
exemplar em bom estado de conservação; miolo limpo
peça de colecção
30,00 eur (IVA e portes incluídos)


pedidos para:
telemóvel: 919 746 089


segunda-feira, agosto 14, 2017

Circo


LEÃO PENEDO
capa de Rudy

Lisboa, 1945
Editorial «Gleba», L.da
1.ª edição
19,5 cm x 13,2 cm
472 págs.
exemplar muito estimado; miolo limpo
25,00 eur (IVA e portes incluídos)

Escritor neo-realista convencional, Leão Penedo (1916-1976) viu este seu livro passado ao cinema no, pouco ou nada feliz, filme Saltimbancos de Manuel Guimarães, em 1951, acerca do qual escreveu José Cardoso Pires:
«[...] Com vários defeitos – que vêm do argumento à realização – “Saltimbancos” fica na nossa história do cinema [...] como o primeiro filme inteiro, de intenção firmemente honesta e nada transigente com êxitos fáceis, que se produziu em Portugal. [...]» (in Manuel Costa e Silva, Do Animatógrafo Lusitano ao Cinema Português, Editorial Caminho, Lisboa, 1996)
Resta chamar a atenção para o facto de o livro haver saído na mesma editora que publicou, no mesmo ano de 1945, O Triunfo da Morte de Gabriele d’Annunzio, livro este inspirador do nazi-fascismo.

pedidos para:
telemóvel: 919 746 089


Uma História da Fotografia


ANTÓNIO SENA
capa de Lígia Pinto
grafismo de Julieta Matos

Lisboa, 1991
Imprensa Nacional – Casa da Moeda | Europália 91
1.ª edição
20,8 cm x 14,7 cm
184 págs.
subtítulo: Portugal 1839 a 1991
ilustrado
exemplar muito estimado; miolo limpo
27,00 eur (IVA e portes incluídos)

Trata-se de um primeiro ensaio – não propriamente uma síntese – do que virá a ser a obra-prima de António Sena: o seu gigantesco álbum História da Imagem Fotográfica em Portugal – 1839-1997 (Porto Editora, 1998).

pedidos para:
telemóvel: 919 746 089


A Fotografia em 12 Lições


ARNALDO FONSECA

Lisboa, 1911
Armazens Grandella & C.ª – Editores
1.ª edição
17,7 cm x 11,7 cm
4 págs. + 172 págs.
profusamente ilustrado no corpo do texto
cartonagem editorial
exemplar estimado; miolo limpo
discreta assinatura de posse no ante-rosto
PEÇA DE COLECÇÃO
50,00 eur (IVA e portes incluídos)


pedidos para:
telemóvel: 919 746 089


Guia do Photographo


ARNALDO FONSECA

Lisboa, s.d. [circa 1905]
Worm & Rosa
1.ª edição («Edição unica e definitiva»)
19 cm x 12,4 cm
6 págs. + 90 págs. + 4 págs. (anúncios)
composto manualmente e impresso nas oficinas do mestre-tipógrafo Libânio da Silva
exemplar envelhecido mas aceitável, capa manchada e gasta; miolo limpo
peça de colecção
45,00 eur (IVA e portes incluídos)

Trata-se de um manual prático, cobrindo todas as vertentes dessa arte: óptica, mecânica e laboratorial. Arnaldo Fonseca notabilizou-se pelo impulso que deu em Portugal à introdução e vulgarização da arte fotográfica, tendo sido, em 1889, o fundador do Instituto Photographico de Lisboa, primeiro estabelecimento de ensino para amadores, e, em 1907, encontramo-lo ligado à criação da Sociedade Portuguesa de Photographia, juntamente com Arnaldo Bettencourt e Júlio Worm. Deve-se-lhe também a regular edição do Boletim Photographico, entre 1900 e 1906, e é neste contexto editorial que surge o vertente livro.

pedidos para:
telemóvel: 919 746 089


Vida e Arte do Povo Português






FRANCISCO LAGE
LUÍS CHAVES
et alli
pref. António Ferro
desenhos de Paulo Ferreira
fotografias de Mário Novais

Lisboa, 1940
Secretariado da Propaganda Nacional – Secção de Propaganda e Recepção da Comissão Nacional dos Centenários
1.ª edição [única]
32,5 cm x 25,7 cm
6 págs. + 266 págs.
capa de brochura impressa a cinco cores directas e gravação a seco imitando o rendilhado de um napperon
impresso a cor sobre papel superior creme
soberba encadernação coeva em meia-francesa com cantos em pele, gravação a ouro na lombada e nos remates da pele em ambas as pastas
não aparado, conserva as capas de brochura e a respectiva lombada
carminado à cabeça
exemplar em bom estado de conservação; miolo irrepreensível
ostenta colado no verso da primeira folha-de-guarda o ex-libris de Pinto Soares
PEÇA DE COLECÇÃO
395,00 eur (IVA e portes incluídos)

Obra de culto, publicada no contexto da Exposição do Mundo Português, é um dos mais notáveis exemplos da exuberância das artes gráficas estatais nessa época. Entre outros, colaboram no volume Rocha Madahil, Luís de Pina, Vergílio Correia, Tude de Sousa, Cardoso Marta, o padre Moreira das Neves, etc.

pedidos para:
telemóvel: 919 746 089

Fábricas da Liberdade


SERVIÇOS DE IMPRENSA E INFORMAÇÃO DA EMBAIXADA BRITÂNICA

Lisboa, s.d. [circa 1939-1945]
Bertrand (Irmãos) Lda.
[1.ª edição]
23,3 cm x 17 cm
32 págs.
profusamente ilustrado
impresso em rotogravura
acabamento com dois pontos em arame
exemplar estimado; miolo limpo, sinais de ferrugem nas perfurações dos agrafos
peça de colecção
27,00 eur (IVA e portes incluídos)

Na altura em que as indústrias ocidentais saíam do marasmo e do colapso capitalista, através da habitual modalidade de salvação – a economia de guerra, que faz sempre rejuvenescer ambos os lados da barricada –, e que Portugal tomava as suas distâncias rurais de campónio cobarde e envergonhado das suas simpatias pelos nazis, lá se iam publicando umas brochuras de propaganda dos aliados, dando satisfação, sobretudo, à Embaixada britânica em Lisboa. Só assim se compreende como puderam circular, sem serem apreendidos pela polícia política salazarista, 80.000 exemplares impressos sob a marca dos Bertrand. Aliás, Salazar ocupava-se então na “magna” festarola da Exposição do “pacato” Mundo Português!

pedidos para:
telemóvel: 919 746 089


Exposição do Mundo Português – Guia Oficial



EDUARDO ANAHORY (grafismo)

Lisboa, 1940
[a – Neogravura, Limitada | b – Lith. de Portugal]
1.ª edição (ambos)
a – 21,9 cm x 11,6 cm
b – 21,2 cm x 12,7 cm (fechado) [42 cm x 62 cm (aberto)]
brochura (8 págs.) e desdobrável impressos a cor
profusamente ilustrados
exemplares em bom estado de conservação; miolo limpo
PEÇA DE COLECÇÃO
120,00 eur (IVA e portes incluídos)

É a mais interessante planta do local escolhido para encenar os quadros monumentais e históricos que compuseram a Exposição de 1940. Textos pedagógicos, quer no desdobrável quer na brochura, servem de roteiro ao visitante, do mesmo modo que lhe são dadas indicações úteis no que se refere aos transportes para aí aceder, restaurantes, horário, tarifas, serviços de telecomunicações, etc.

pedidos para:
telemóvel: 919 746 089



Roteiro do Mundo Português


MARIA ARCHER

Lisboa, 1940
Edições Cosmos
1.ª edição
19,1 cm x 12,5 cm
288 págs. + 20 págs. em extra-texto
profusamente ilustrado em separado
exemplar muito estimado; miolo limpo
40,00 eur (IVA e portes incluídos)


pedidos para:
telemóvel: 919 746 089


Coplas que grandes músicos e poetas populares escreveram para o espectáculo Portugal Anos 40


aa.vv.

Lisboa, 1982
Tipografia Minerva do Comércio [Teatro Experimental de Cascais]
1.ª edição («1.º e 2.º milhares»)
20,6 cm x 14,6 cm
12 págs.
subtítulo: Estreado nos átrios da Fundação Calouste Gulbenkian em 16 de Abril de 1982 para dar testemunho do que nos referidos anos ocorreu e dar uma mãozinha à Exposição da Arte Portuguesa dos ditos anos aberta na galeria que fica ao lado
acabamento com um ponto em arame
exemplar como novo
peça de colecção
37,00 eur (IVA e portes incluídos)

Tal como diz o subtítulo, tratava-se de um complemento à exposição patente na Fundação Calouste Gulbenkian e respectivos colóquios. Para além de ser uma interessante compilação de versos que serviram a várias revistas teatrais nos anos 40, também reúne os versos das Canções Heróicas de Fernando Lopes-Graça, da autoria de José Gomes Ferreira e Mário Dionísio. A ideia dramática deveu-se ao poeta e actor Carlos Wallenstein, com texto de Luiz Francisco Rebelo e encenação de Carlos Avilez.

pedidos para:
telemóvel: 919 746 089


Pavilhão da Colonização na Exposição do Mundo Português [junto com bilhete de entrada]



JÚLIO CAYOLLA

Lisboa, s.d. [1940]
Bertrand (Irmãos), L.da
[1.ª edição]
[18,2 cm x 13,3 cm] + [4,5 cm x 9,5 cm (oblongo)]
28 págs. + 1 ingresso
subtítulo: Exposição Histórica do Mundo Português – Algumas notas sobre o Pavilhão da Colonização
acabamento com dois pontos em arame
exemplar muito estimado; miolo irrepreensível
60,00 eur (IVA e portes incluídos)

Texto de projecto e roteiro das salas de exposição. Juntou-se-lhe um exemplar do ingresso na Exposição do Mundo Português.

pedidos para:
telemóvel: 919 746 089


Pavilhão da Colonização na Exposição do Mundo Português


JÚLIO CAYOLLA

Lisboa, s.d. [1940]
Bertrand (Irmãos), L.da
[1.ª edição]
18,2 cm x 13,3 cm
28 págs.
subtítulo: Exposição Histórica do Mundo Português – Algumas notas sobre o Pavilhão da Colonização
acabamento com dois pontos em arame
exemplar estimado; miolo limpo
17,00 eur (IVA e portes incluídos)

Texto de projecto e roteiro das salas de exposição.

pedidos para:
telemóvel: 919 746 089


Cortejo do Mundo Português – 30 de Junho de 1940 [junto com bilhete de entrada]



s.l. [Lisboa], 1940
s.i.
1.ª edição
[20 cm x 15 cm] + [5,4 cm x 10,4 cm (oblongo)]
28 págs. + 1 ingresso
subtítulo: Roteiro
profusamente ilustrado
volume impresso a duas cores directas (rotogravura) sobre papel superior
acabamento com dois pontos em arame
exemplar estimado; miolo limpo
60,00 eur (IVA e portes incluídos)

Caderninho ilustrado por Roberto Araújo (capa), Fortunato Anjos, José Leite, et alli. Juntou-se-lhe um exemplar do ingresso na Exposição do Mundo Português.

pedidos para:
telemóvel: 919 746 089


Cortejo do Mundo Português – 30 de Junho de 1940



s.l. [Lisboa], 1940
s.i.
1.ª edição
19,9 cm x 15 cm
28 págs.
subtítulo: Roteiro
profusamente ilustrado
impresso a duas cores directas (rotogravura) sobre papel superior
acabamento com dois pontos em arame
exemplar estimado; miolo limpo
40,00 eur (IVA e portes incluídos)

Caderninho ilustrado por Roberto Araújo (capa), Fortunato Anjos, José Leite, et alli.

pedidos para:
telemóvel: 919 746 089


Discursos


JÚLIO DANTAS

s.l., s.d. [Lisboa, 1942]
Livraria Bertrand
1.ª edição
19,1 cm x 12,7 cm
2 págs. + 310 págs.
subtítulo: I. Solenidades académicas. – II. Comemorações do Ano Aureo. – III. Actos diplomáticos e conferências internacionais
exemplar em muito bom estado de conservação; miolo irrepreensível
autenticado pelo carimbo da assinatura do autor
25,00 eur (IVA e portes incluídos)

São de maior interesse na compilação as intervenções de Júlio Dantas (1876-1962) a propósito da Exposição do Mundo Português, e que ocupam toda a parte central do livro, dando testemunho do cumprimento das expectativas de Salazar ao nomeá-lo presidente da respectiva comissão executiva.

pedidos para:
telemóvel: 919 746 089


Programa Oficial das Comemorações Nacionais – Ano de 1940


s.l. [Lisboa], 1940
Editorial Império / Comissão Executiva dos Centenários – Secção de Propaganda e Recepção
«nova edição, revista»
23,8 cm x 15,8 cm
16 págs.
acabamento com um ponto em arame
exemplar estimado, capa com alguns sinais de foxing; miolo irrepreensível
17,00 eur (IVA e portes incluídos)


pedidos para:
telemóvel: 919 746 089


domingo, agosto 13, 2017

Os Miseraveis



VICTOR HUGO
trad. F. F. da Silva Vieira

Lisboa, 1862
Editor – F. Gonçalves Lopes
1.ª edição
10 livros enc. 5 volumes (completo)
19 cm x 12,6 cm
[266 págs. + 282 págs.] + [258 págs. + 228 págs.] + [228 págs. + 216 págs.] + [314 págs. + 290 págs.] + [292 págs. + 256 págs.]
encadernações homogéneas em meias-inglesas com bonita gravação a ouro nas lombadas
ligeiramente aparados, sem capas de brochura
exemplares muito estimados; miolo limpo
carimbo de posse de Júlio Alberto Vidal na primeira página de texto em cada volume
PEÇA DE COLECÇÃO
350,00 eur (IVA e portes incluídos)

Da notícia editorial nas últimas páginas da obra:
«Este livro, que com esforços e brevidade desusados entre nós, por isso que apenas consumimos dez mezes em publical-o, é a obra capital de Victor Hugo, e um dos principaes acontecimentos litterario do nosso seculo.
Depois da Nossa Senhora de Paris, são Os Miseraveis o primeiro escripto publicado por Victor Hugo, um dos mais corajosos e dedicados amigos da humanidade.
Depois da idade media, a actualidade; tal é o duplo estudo de Victor Hugo. O que fez pelo mundo gothico na Nossa Senhora de Paris, fal-o pelo mundo moderno nos Miseraveis.
Na sua grande obra são estes dois livros uns como espelhos em que se reflecte todo o genero humano.»

pedidos para:
telemóvel: 919 746 089


Pinhaes


C. A. DE SOUSA PIMENTEL

Porto, 1906
Gazeta das Aldeias
1.ª edição
18,6 cm x 12,8 cm
104 págs.
subtítulo: A resinagem do pinheiro bravo e instrucções para a sementeira e o tratamento cultural dos pinheiros
ilustrado
exemplar estimado, capa esfolada, lombada com falhas de papel; miolo irrepreensível
17,00 eur (IVA e portes incluídos)

Ora aqui está uma obra instrutiva, do tempo em que se fazia alguma coisa pela “floresta” (este termo, hoje em voga, gera a convicção de sermos um país imenso, de difícil controlo na sua extensão...), do tempo – arcaicos tempos – em que, quem fosse apanhado a atear fogos, era, de imediato e no local, ressarcido em valentes pauladas nos lombos. Talvez seja de reaprender certas formas de “tratamento” de um bem inalienável, e que é de todos nós, mesmo não sendo seus directos proprietários: todos respiramos o oxigénio que a floresta nos dá.

pedidos para:
telemóvel: 919 746 089


Pinhais Jardinados


ANTÓNIO MANUEL DE AZEVEDO GOMES
FRANCISCO M. C. BARBOSA NOBRE COUTINHO

Lisboa, 1958
Ministério da Economia – Direcção Geral dos Serviços Florestais e Agrícolas
[1.ª edição]
23,2 cm x 16,3 cm
56 págs.
exemplar em muito bom estado de conservação; miolo irrepreensível
17,00 eur (IVA e portes incluídos)

Uma passagem colhida nos Objectivos do texto:
«O primeiro problema a resolver, ao projectar-se o revestimento florestal de uma região, consiste na eleição criteriosa da espécie ou espécies a adoptar.
Não basta, porém, constituir novos povoamentos; torna-se depois necessário saber conduzi-los de acordo com as boas normas da cultura e da exploração, de modo a que desempenhem, o mais perfeitamente possível, os fins para que foram criados. [...]»

pedidos para:
telemóvel: 919 746 089


Manual Pratico da Cultura das Arvores de Fructo de Caroço


ANTONIO MAXIMO LOPES DE CARVALHO

Lisboa, 1894
Administração do Portugal Agricola
1.ª edição
15,8 cm x 11,3 cm
230 págs.
ilustrado
encadernação editorial em tela encerada, gravação a negro na pasta anterior e na lombada
exemplar em muito bom estado de conservação
35,00 eur (IVA e portes incluídos)


pedidos para:
telemóvel: 919 746 089


A Floresta Portuguesa


M. GOMES GUERREIRO
capa de Sebastião Rodrigues
ilust. J. Moura

Lisboa, 1956
Campanha Nacional de Educação de Adultos
1.ª edição
16,3 cm x 11,6 cm
128 págs. + 6 folhas em extra-texto + 1 desdobrável em extra-texto
ilustrado no corpo do texto e em separado
exemplar muito estimado; miolo limpo, último extra-texto manchado
17,00 eur (IVA e portes incluídos)

Estudo abrangente, o pinhal, o sobreiral, o azinhal, o eucaliptal, soutos e castinçais, seu tratamento e benefícios, são aqui dados a conhecer numa campanha de tentativa de alfabetização, que, todavia, quase nada se terá estendido para fora dos centros escolares urbanos.

pedidos para:
telemóvel: 919 746 089


O Sobreiro


CARLOS ALBERTO DA PAIXÃO CORREIA
capa de João da Conceição Martins
ilust. do autor

Lisboa, 1961
Direcção-Geral do Ensino Primário
1.ª edição
16,5 cm x 11,1 cm
92 págs. + 11 folhas em extra-texto
ilustrado no corpo do texto e em separado
exemplar estimado, vago foxing na contracapa; miolo limpo
17,00 eur (IVA e portes incluídos)


pedidos para:
telemóvel: 919 746 089


Animaes Uteis ao Lavrador


JOÃO SALEMA

Porto, 1913
Publicação do “Lavrador” – Officinas do “Commercio do Porto”
1.ª edição
18 cm x 11,8 cm
88 págs.
profusamente ilustrado, verso das pastas impresso
cartonagem editorial
exemplar estimado; miolo limpo
ostenta colado na primeira folha-de-guarda o ex-libris de José Coêlho
20,00 eur (IVA e portes incluídos)


pedidos para:
telemóvel: 919 746 089


Noticia Sobre Alguns Insectos Uteis á Agricultura


A. M. LOPES DE CARVALHO

Porto, 1879
Livraria Internacional de Ernesto Chardron, Editor
1.ª edição
17,2 cm x 10,6 cm
40 págs.
ilustrado
exemplar estimado; miolo limpo
ocasionais carimbos de posse
17,00 eur (IVA e portes incluídos)


pedidos para:
telemóvel: 919 746 089


sexta-feira, agosto 11, 2017

A Vida e os Números


LUSITANUS

Lisboa, Abril de 1935
Editorial Império
1.ª edição
19,6 cm x 13,2 cm
160 págs.
impresso sobre papel superior avergoado
exemplar estimado, discreto restauro na lombada e na contracapa; miolo irrepreensível
PEÇA DE COLECÇÃO
60,00 eur (IVA e portes incluídos)

Lusitanus, pseudónimo de Abel Tiago de Sousa e Vasconcelos (1865-1937), madeirense monárquico convicto, foi médico-cirurgião e ocultista, mais tarde professor de línguas em Lisboa, na escola Fonseca Benevides e na António Arroio. A sua muito breve obra escrita (apenas três livros) insere-se na corrente filosófica messiânica que interpreta as profecias bíblicas.
É de assinalar a excelente dissertação universitária, focando as suas vida e obra, levada a cabo por Osvaldo Samuel Freitas Vieira, em Outubro de 2016, no ISCTE-IUL (vd. internet: O Messianismo na Ilha da Madeira nos Séculos XIX e XX).

pedidos para:
telemóvel: 919 746 089


Alma Errante



ELIEZER KAMENEZKY
prefácio de Fernando Pessoa

Lisboa, 1932
[s.i.] [ed. do Autor ?]
1.ª edição [única]
19,9 cm x 13,4 cm
114 págs. + 1 folha em extra-texto
subtítulo: Poemas
o extra-texto reproduz a preto e branco o retrato do autor pintado por Malhoa
exemplar estimado, capa empoeirada e com restauro na lombada; miolo limpo
VALORIZADO PELA DEDICATÓRIA MANUSCRITA DO AUTOR
peça de colecção
140,00 eur (IVA e portes incluídos)

Judeu russo; do autor, que veio viver para Lisboa aos 45 anos após correr mundo, conservamos a imagem que António Lopes Ribeiro registou em três filmes (Revolução de Maio, O Pai Tirano e Aldeia da Roupa Branca). O presente livro, não sendo esteticamente do agrado do prefaciador, Fernando Pessoa, dá-lhe o ensejo de um longo e importante texto acerca do povo judeu e das origens da maçonaria.

pedidos para:
telemóvel: 919 746 089

Profetas e Profecias


JOÃO PAULO FREIRE (MÁRIO)

Lisboa, 1939
Edição do Autor
1.ª edição
19,2 cm x 13 cm
160 págs.
subtítulos: “Nostradamus” prevê em 1589 todos os grandes acontecimentos do mundo até 1999 | O futuro conflito internacional – O fim da guerra de Espanha – O que vai acontecer na França, na Alemanha e na Itália | O fim da supremacia inglêsa
exemplar estimado; miolo limpo
VALORIZADO PELA DEDICATÓRIA MANUSCRITA DO AUTOR AO EMPRESÁRIO TEATRAL LOPO LAUER
20,00 eur (IVA e portes incluídos)


pedidos para:
telemóvel: 919 746 089


No Rastro das Aguias... de Bordo do «Bagé»


[JOÃO] PAULO FREIRE (MARIO)

Santo Tirso, 1924
Tipografia Tirsense (a vapor) de José Cardoso Santarém
1.ª edição
20 cm x 14 cm
76 págs.
subtítulo: Aspectos jornalisticos da viagem gloriosa! – Como chegou e como se perdeu o Farey 16
exemplar estimado; miolo limpo
VALORIZADO PELA DEDICATÓRIA MANUSCRITA DO AUTOR AO ESCRITOR MAYER GARÇÃO
20,00 eur (IVA e portes incluídos)


pedidos para:
telemóvel: 919 746 089


quinta-feira, agosto 10, 2017

Canned Fish from Portugal



[ANÓNIMO]

Lisboa, s.d. [circa 1965]
Instituto Português de Conservas de Peixe
[1.ª edição]
texto em inglês
22,5 cm x 16,3 cm
36 págs.
subtítulo: Portuguese Canned Fish – Recipe Book
profusamente ilustrado
impresso a cor, acabamento com dois pontos em arame
exemplar muito estimado; miolo limpo
20,00 eur (IVA e portes incluídos)

Para além de um resumido historial da indústria conserveira, o elegante voluminho é constituído por grande diversidade de receitas culinárias, todas mostrando as possibilidades alimentares das conservas de salgados portuguesas.

pedidos para:
telemóvel: 919 746 089